Zé Rodrix, fabuloso

 

Resultado de imagem para Zé Rodrix

 

Mais uma biografia que chegou recentemente às prateleiras e com ela o costumeiro “choro” de partes relacionadas à história contada. Dessa vez é a do “Fabuloso Zé Rodrix” e uma das críticas parte do filho do músico, que não gostou do pai ser classificado como mitômano pelo autor etc. etc.

O livro,  de Toninho Vaz, conforme entrevistas do autor, se orienta pelas “três mortes” do excepcional músico e publicitário: a morte de Elis Regina – que transformou a parceria “Casa no Campo” com Tavito em um clássico da MPB – em 1982, fato que o afastou dos palcos por quase duas décadas; a perda do sócio em uma agência de publicidade, que agravou um quadro de depressão, e o seu falecimento, aos 61 anos, em 2009. Segundo Vaz, foram dois anos de apuração, pesquisa e entrevistas até o texto final, lançado pela Editora Olhares.

“O Fabuloso Zé Rodrix” se junta a uma safra de importantes registros da história da música e da vida pública nacional que rendeu recentemente biografias como a da cantora Rita Lee e do cantor Belchior e aquelas anunciadas para breve como a do rei Roberto Carlos, do poeta Carlos Drummond de Andrade e do genial Millôr.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s