As laureadas

marilyn reading

Ainda a propósito do Dia Internacional das Mulheres, também a lista do Nobel de Literatura fala por si. Dos 114 títulos já distribuídos, apenas 14 foram para mulheres. Pesquisa do “Guia do Estudante”.

Selma Lagerlöf. A escritora sueca foi a primeira mulher a ganhar um  Nobel de Literatura, em 1909. Sua obra inclui romances históricos e um livro infantil bastante popular chamado “A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia”.

Grazia Deledda. Premiada em 1926 por “Caniços ao Vento”, romance que se passa justamente na região da Sardenha onde a escritora nasceu.

Sigrid Undset. Nasceu na Dinamarca, mas mudou-se com a família para a Noruega quando tinha dois anos de idade. Em 1940, teve que se mudar para os Estados Unidos devido à sua oposição aos nazistas e à ocupação da Alemanha.  Foi premiada em 1928 pela trilogia modernista “Kristin Lavransdatter”, uma narratva sobre a vida na Escandinávia da Idade Média.

Pearl S. Buck. Nasceu nos Estados Unidos, em 1892, mas cresceu na China.  Seu romance A Boa Terra foi o livro de ficção mais vendido nos Estados Unidos em 1931 e 1932, quando também foi o vencedor do prêmio Pullitzer. Recebeu o Nobel em 1938.

Gabriela Mistral(pseudônimo de Lucila Godoy Alcayaga). Poeta chilena defensora da democracia e dos direitos das mulheres,  recebeu o prêmio em 1945. Seus poemas abordam a natureza, traição, amor, tristeza e recuperação. Foi a primeira (e única) mulher da América Latina a receber o Nobel de Literatura.

Nelly Sachs. Poeta alemã também deixou a Alemanha fugindo do regime nazista para viver na Suécia em 1940. Sua poesia, que fala muito do sofrimento judeu, começou a ganhar reconhecimento quando ela tinha cerca de 50 anos. Recebeu o Nobel em 1966, apenas quatro anos antes de falecer.

Nadine Gordimer.  Escreveu romances como “The Lying Days” e “A Guest of Honour”. Ela foi uma voz muito importante contra o apartheid na África da Sul – a maioria das suas obras retratam a situação social do país nesse período. Foi premiada em 1991.

Toni Morrison. Primeira mulher negra a receber um Nobel, em 1993, Morrison foi uma escritora, editora e professora dos Estados Unidos, cujos romances ficaram mundialmente conhecidos pelos temas épicos.

Wisława Szymborska.  Nasceu na Polônia. É autora de poemas líricos sobre a guerra e seu impacto no cotidiano e foi premiada em 1996 “pela poesia que, com precisão irônica, permite que contextos históricos e biológicos venham à tona, em fragmentos de realidade humana”.

Elfriede Jelinek. Novelista e polêmica autora austríaca de peças de teatro, explora a violência de maneira  provocativa e foi premiada em 2004.

Doris Lessing. Nascida na Pérsia, em 1919, escreveu obras de temas  variados. Foi a mulher mais velha a receber o  Nobel de Literatura, em 2007, quando tinha 88 anos.

Herta Müller.  Nascida na Romênia, em 1953,  suas obras falam muito da opressão do regime comunista, o que lhe rendeu ameaças e censura durante a ditadura. Ela recebeu o Nobel em 2009.

Alice Munro. Premiada em 2013, começou a escrever contos quando ainda era adolescente.  Os seus relatos centram-se nas relações humanas analisadas através da lente da vida quotidiana.

Svetlana Alexievich.  Jornalista da Bielorússia, escreve principalmente sobre a ex-União Soviética. Seus livros têm diversos depoimentos de mulheres soviéticas que sobreviveram à Segunda Guerra e ao fim da URSS. Premiada em 2015.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s