Perdão pela leitura

Luiz Estevao
O ex-senador e empresário Luiz Estevão em foto do Youtube

Ler liberta mais cedo. Notícia do início dessa semana informa que o senador cassado Luiz Estevão, condenado inicialmente a 26  anos de prisão por, entre outros crimes, fraudes na construção do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo, vai reduzir sua pena em função dos livros que tem lido no presídio. Para obter o benefício, o critério recomendado pelo Conselho Nacional de Justiça é a redução de quatro dias no tempo de cumprimento da pena para cada livro comprovadamente lido pelo preso, até o máximo de 12 obras por ano. A medida possibilita a redução de até 48 dias a cada ano.

Segundo declarou o advogado do ex-senador, entre os autores lidos está Machado de Assis. “Ele apresentou as resenhas junto com as obras e se colocou à disposição para fazer relatos pessoalmente, caso houvesse dúvida sobre a autoria”, garante Wilson Sahade.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s