Do acervo do IMS

Manuscrito do poema “Para Cecília Meireles”. Arquivo Mario Quintana/ Acervo Instituto Moreira Salles.

cecilia

“Nas linhas tortas do manuscrito de “Para Cecília Meireles”, poema em gestação, o que se sobressai é a letra trêmula e oscilante de um Quintana que provavelmente teria cerca de 80 anos de idade quando do esboço do poema. Em alguns momentos, a escrita é quase indecifrável, hieroglífica, mas nela sempre presente a imagem dos belos olhos claros da poetisa.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s