A Odisseia em argila

Odisseia.jpg

Conforme anúncio feito essa semana pelo ministro da Cultura da Grécia, arqueólogos descobriram o que acreditam ser o mais antigo fragmento do poema épico “Odisseia”, de Homero. Uma equipe de pesquisadores gregos e alemães teriam encontrado o fragmento em uma placa de argila entalhada na antiga Olímpia, berços dos jogos olímpicos localizado na península do Peloponeso. A placa contém 13 versos do Canto 14 da “Odisseia”. A obra tem 12.109 linhas de poesia contando a história de Ulisses, rei de Ítaca, que vaga durante 10 anos tentando voltar para casa após a queda de Tróia. A “Odisseia”, conforme assinalado nas notícias divulgadas pela imprensa mundial, é o segundo grande poema atribuído a Homero. O outro é a “Ilíada”. Ambos são considerados duas das maiores obras da literatura mundial em todos os tempos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s