3×4 da Bienal de SP

BIENAL-2018

Matéria recente do “Caderno 2” do Estadão faz um balanço da Bienal Internacional de São Paulo, encerrada domingo passado, e mostra que além de mais pessoas circulando nos corredores do Anhembi, o evento teve menos expositores (197 este ano contra 280 na edição de 2016) e maior valor do gasto médio dos visitantes (cerca de R$ 160 contra R$ 121). Entre outros participantes ouvidos pela reportagem, a editora Sextante estimava, naquele momento, vendas 50% superiores às registradas em 2016; a Record falava em crescimento da ordem de 20% nas vendas e a Melhoramentos, de 57%. Entre as que apostavam num empate com relação à Bienal anterior estavam Autêntica e Sesc. Comentou ainda a ausência da Livraria Saraiva e da editora Fundamento, conhecida pelo catálogo voltado para aquele que foi o maior público do evento: o infanto-juvenil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s