Drummond mais

 

carlos-drummond-de-andrade-1.jpgHá 116 anos nascia, em Itabira (MG), nosso mais universal, mais influente e mais popular poeta: Carlos Drummond de Andrade. Contista, cronista e jornalista de qualidade igualmente celebrada, Drummond morreu aos 85 anos, em 17 de agosto de 1987, na cidade do Rio de Janeiro, vítima de um infarto.

Abaixo um dos seus poemas eternizados no repertório do povo brasileiro.

QUADRILHA

João amava Teresa que amava Raimundo

que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili

que não amava ninguém.

João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre,

Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes

que não tinha entrado na história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s