A história da escrita

Já disponível no país, em lançamento da Companhia das Letras, “O Mundo da Escrita”, do professor de Literatura da Universidade de Harvard, crítico e filósofo Martin Puchner. Na obra, o autor se propõe a contar a história da escrita – da Epopeia de Gilgamesh, passando pelos gregos, árabes e maias chegando a Hogawarts, o castelo de Harry Potter – e de como ela inspirou o surgimento e a decadência de impérios e nações, “o desabrochar de ideias políticas e filosóficas e o nascimento de crenças religiosas”.  

Segundo a escritora Margaret Atwood, uma “leitura indispensável para entender por que lemos”.

Linha do tempo de autoria de Puchner, publicada pelo Estadão.

2100 a.C.

Atual Iraque

Primeiras histórias de Gilgamesh, em escrita cuneiforme

1000 a.C.

Jerusalém

Registros da Bíblia Hebraica

800 a.C.

Grécia

Homero, em alfabeto grego

Século 5 a.C.

Índia, China e Grécia

Buda, Confúcio e Sócrates

30

Israel

Jesus vive e ensina

868

China

Sutra do Diamante, a mais antiga obra impressa existente

1000

Japão

Sra. Murasaki escreve ‘Romance de Genji’, o primeiro romance

1550

México

O Popol Vuh, mito fundador dos Maias, em alfabeto latino

1827

Alemanha

Goethe e a literatura universal

1960

Guiné

‘Epopeia de Sundiata’, mito fundador da África Ocidental, ganha versão escrita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s