Mistral para pequenos

Catalan Ramos/MutualArt

Abaixo poema da chilena Gabriela Mistral (1889-1957), Nobel de Literatura em 1945 e de quem, segundo o caderno “Ilustríssima”, da FSP, será lançado em breve, pela Olho de Vidro, “Balada da Estrela e Outros Poemas”, coletânea de temática infantil e rural, marcada por forte musicalidade e inédita no Brasil.

Noite

As montanhas se desfazem,
e o gado está perdido;
o sol regressa à fornalha:
todo o mundo está fugido.
Vai-se apagando o pomar,
a granja está submersa,
minha cordilheira esconde
a crista e o grito de alerta.
As criaturas deslizam
de soslaio até o limbo,
e nós dois também rolamos
rumo à noite, meu filho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s