Crusoé faz 300 anos

Imagem: Beta.turismochile.cl

Num dos melhores exemplos da longevidade que uma boa história pode alcançar, “Robinson Crusoe” completa neste ano três séculos de seu lançamento. Escrito por Daniel Defoe e publicado originalmente em 1719 no Reino Unido, foi o primeiro romance publicado em folhetins, no caso no jornal The Daily Post. Epistolar, confessional e em tom didático, o livro é narrado pelo personagem-título, um náufrago que passa 28 anos em uma ilha remota próxima a Trinidad, no sul do Caribe.

Segundo artigo da Wikepedia, supõe-se que o enredo tenha sido inspirado na história do náufrago escocês Alexander Selkirk, que viveu durante quatro anos em uma ilha do Pacífico, hoje renomeada como Ilha Robinson Crusoe. Ainda segundo a mesma fonte, no final do século XIX, nenhum livro de história da literatura ocidental tinha mais reimpressões, obras derivadas e traduções do que o livro de Defoe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s