Brasil perde seu maior tradutor de Kafka

Imagem publicada no blog lituraterre.com

O Brasil perdeu na segunda-feira passada, 16/12, seu principal tradutor de Kafka. O também professor de literatura, escritor e ensaísta Modesto Carone morreu aos 82 anos em São Paulo.  A reconhecida trajetória de Carone como tradutor de Kafka começou em 1983 com “A Metamorfose” e seguiu com a tradução para o português de toda a obra do autor de outros clássicos da literatura mundial como “O Processo” e “Carta ao Pai”.

De sua própria lavra, Carone lançou, entre outros, “Resumos de Ana” (1998), livro vencedor do Prêmio Jabuti, e “Lição de Kafka”, Prêmio APCA 2009 de melhor livro de ensaio/crítica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s