Os livros descartáveis

Notícia recente do Estadão Conteúdo dá conta de que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o FNDE ligado ao Ministério da Educação, estuda descartar livros didáticos (cerca de 2,9 milhões de exemplares, segundo a matéria) que nunca foram entregues aos alunos das escolas públicas. O principal motivo seria reduzir os custos com estoques armazenados em depósito alugado dos Correios, na Grande São Paulo.

A matéria lembra ainda uma avaliação recente do presidente da República sobre os livros didáticos como “péssimos” e com “muita coisa escrita”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s