Saraiva demite 500

Foto: Istoe.com.br

Com uma situação em franco processo de deterioração, a rede Saraiva pode ser a primeira a sucumbir à crise que já vinha solapando o mercado editorial brasileiro e que foi enormemente agravada pela pandemia de Covid-19. Em processo de recuperação judicial desde o ano passado, a Saraiva já havia anunciado a suspensão, por tempo indeterminado de pagamento a editores. Agora, no início do mês, o presidente da rede, Mario Bilenky, anunciou sua renúncia ao cargo e, mais recentemente, foi anunciada a demissão de 500 funcionários, 300 do seu centro de distribuição e 200 das lojas distribuídas pelo estado de São Paulo. A situação da rede pode ser só a ponta do iceberg. Algumas previsões dão conta de que o mercado editorial brasileiro pode amargar uma  redução de receita de cerca de 70% em função da crise atual.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s