Para ler antes de morrer VII

Em Busca Do Tempo Perdido Proust Box 3 Vols Desconto + Frete - R$ 180,40 em  Mercado Livre

Lista 7 de livros indispensáveis da literatura universal.

“Os Buddenbrook”, Thomas Mann – 1901

“Coração das Trevas”, Joseph Conrad – 1902

“Ulisses”, James Joyce – 1922

“A Montanha Mágica”, Thomas Mann – 1924

“O Processo”, Franz Kafka – 1925

“O Grande Gatsby”, F. Scott Fitzgerald – 1925

“Mrs. Dalloway”, Virginia Woolf – 1925

“Em Busca do Tempo Perdido”, Marcel Proust – 1913-1927

“Adeus às Armas”, Ernest Hemingway – 1929

“Admirável Mundo Novo”, Aldous Huxley – 1932

Adélia inconsolável

Construir um relógio de sol | Educar e inspirar | Space Awareness
Foto: Space Awareness

A QUE NÃO EXISTE

Meus pais morreram,

posso conferir na lápide,

nome, data e a inscrição: SAUDADES!

Não me consolo dizendo

‘em minha lembrança permanecem vivos’,

é pouco, é fraco, frustrante como o cometa

que ninguém viu passar.

De qualquer língua, a elementar gramática

declina e conjuga o tempo,

nos serve a vida em fatias,

a eternidade em postas.

Daí acharmos que se findam as coisas,

os espessos cabelos, os quase verdes olhos.

O que chamamos morte

é máscara do que não há.

Pois apenas repousa

o que não pulsa mais.

Adélia Prado – “Miserere”

Fundação Biblioteca Nacional premia inéditos

Winner Win GIF by Laura Salaberry - Find & Share on GIPHY
Imagem: giphy.com

A Fundação Biblioteca Nacional está com inscrições abertas para prêmios literários em oito categorias: Poesia (Prêmio Alphonsus de Guimaraens), Romance (Prêmio Machado de Assis), Conto (Prêmio Clarice Lispector), Tradução (Prêmio Paulo Rónai), Ensaio Social (Prêmio Sérgio Buarque de Holanda), Ensaio Literário (Prêmio Mario de Andrade), Literatura Infantil (Prêmio Sylvia Orthof) e Literatura Juvenil (Prêmio Glória Pondé). Podem concorrer obras publicadas em primeira edição entre 1º de maio de 2019 e 30 de abril de 2020, que tenham sido escritas originalmente em língua portuguesa e publicadas por editoras brasileiras. No total, serão distribuídos R$ 240 mil, R$ 30 mil em cada uma das categorias. As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio da plataforma Prêmio Literário Biblioteca Nacional, até 4 de setembro. 

O jornalista


Já nas prateleiras “O Escândalo do Século”, uma coletânea de 50 textos do Nobel de Literatura de 1982, Gabriel García Márquez, publicados em jornais e revistas entre 1950 e 1984. O autor de “Cem de Anos de Solidão” sempre teve no jornalismo sua maior e mais duradoura paixão e os textos reunidos na nova antologia vão de reportagens escritas em Roma até crônicas sobre o tráfico de mulheres de Paris para a América Latina ou apontamentos sobre Fidel Castro ou João Paulo II. Nota da editora afirma que o livro é “a amostra mais representativa da tensão narrativa – entre jornalismo e literatura – que permeou toda a trajetória de García Márquez como repórter. Cobrindo quatro décadas, esta deliciosa viagem através de meia centena de textos mostra como ‘o melhor ofício do mundo’ está no coração da obra do escritor colombiano.

Livros podem perder isenção

Concerned Tom Andjerry GIF - Concerned TomAndjerry Reading - Discover & Share GIFs
Gif: Pinterest

O setor livreiro pode sofrer mais um baque em breve. Conforme notícia do site Publishnews, o livro pode perder a isenção das contribuições para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e para os programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep). A primeira parte da proposta de reforma tributária apresentada pelo governo federal ao Parlamento na semana passada incorpora os dois tributos na Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços (CBS) e deixa os livros de fora da lista dos isentos. O texto será submetido à Comissão Mista que trata do assunto e cujas atividades estão suspensas devido à pandemia.