Os vencedores do Booker Internacional 2020

A escritora holandesa Marieke Lucas Rijneveld
Marieke Lucas Rijneveld em foto de Jeroen Jumelet-ANP/AFP

“The Discomfort of Evening”, de Marieke Lucas Rijneveld, foi o vencedor do Booker Internacional deste ano. Rijneveld, que segundo matéria do jornal Folha de SP, se identifica como uma pessoa não binária, tem 29 anos e nasceu na Holanda, onde seu livro de estreia se tornou um best-seller em 2018. O prêmio, de 50 mil libras (cerca de R$ 320 mil), elege as melhores traduções para o inglês de obras de autores de todo o mundo e será dividido com a tradutora Michele Hutchison. Ainda segundo a Folha, a edição deste ano também teve como finalistas a mexicana Fernanda Melchor, a argentina Gabriela Cabezón Cámara, a iraniana Shokoofeh Azar, o alemão Daniel Kehlmann e a japonesa Yoko Ogawa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s