Michelle Obama leva Grammy por audiolivro

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, foi a vencedora do Grammy 2020 na categoria de melhor álbum de palavra falada pelo audiolivro “Minha História”. O livro de memórias da primeira afro-americana a ocupar a Casa Branca, lançado no final de 2018, já vendeu mais de 10 milhões de exemplares no mundo todo e na versão em audiolivro é narrado, na edição da Objetiva, pela jornalista Maju Coutinho.

Audiolivros ganham mercado no país

Imagem do site curtisbrowncreative.co.uk

Segundo publicado na edição mais recente do Eu&Fim de Semana, do jornal Valor Econômico, o mercado de audiolivros no Brasil – embora incipiente comparado com países da Europa e com os EUA, onde está em desenvolvimento há mais de 50 anos – está em franca expansão. Plataformas locais e estrangeiras em operação no país informam uma acelerada ampliação de seus catálogos e de significativos aportes financeiros por parte de investidores. Em cinco meses de atividades, a AutiBooks teria incrementado seu acervo de 100 para 330 títulos. A também brasileira, Ubook, com mais de 20 mil títulos disponíveis, recebeu uma injeção de R$ 20 milhões de uma gestora de fundos e segue lançando uma média de 50 obras em português a cada mês. Entre os fundamentos de tanto otimismo no segmento está a base de telefonia móvel do país, de 230 milhões de smartphones.

Os mais ouvidos

Os dez audiolivros mais vendidos na Auti Books, plataforma que tem como sócios as editoras Sextante, Intrínseca, Record e o fundo de investimentos Bronze Ventures.

 –“O Último Desejo”, Andrzej Sapkowski – WMF Martins Fontes

“Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, Dale Carnegie – Sextante

“Duny: Meu Livro. Eu que Escrevi – Girls in the House”, Raony Philips – Intrínseca

“As Armas da Persuasão”, Robert B. Cialdini – Sextante

“Sapiens”, Yuval Noah Harari – L&PM

“Os Segredos da Mente Milionária”, T. Hary Eker – Sextante

“A Neurociência da Felicidade”, Rosana Alves – MK Books

“O Poder do Agora”, Eckhart Tolle – MK Books

“21 Lições para o Século 21”, Yuval Noah Harari – Companhia das Letras

“Atenção Plena – Mindfulness” – Danny Penman e Mark Williams – Sextante

Imperdíveis para ouvir

Em matéria assinada por Mariana Felipe, a revistabula.com listou 15 audiolivros imperdíveis do catálogo da Auti Books, plataforma lançada recentemente no país pelas editoras Sextante, Record e Intrínseca, em união com a Bronze Ventures.

“O Quinze”, Rachel de Queiroz

“Reinações de Narizinho”, Monteiro Lobato

“Vidas Secas”, Graciliano Ramos

“1984”, George Orwell

“Antes do Baile Verde”, Lygia Fagundes Telles

“O Guia do Mochileiro das Galáxias”, Douglas Adams

“O Fascismo Eterno”, Umberto Eco

“Sapiens”, Yuval Noah Harari

“Um Coração Ardente”, Lygia Fagundes Telles

“Dias Perfeitos”, Rafael Montes

“A Sutil Arte de Ligar o F*da-se”, Mark Manson

“Ted Talks”, Chris Anderson

“Trópicos Utópicos”, Eduardo Gianetti

“O Sol na Cabeça”, Geovani Martins

“21 Lições para o Século 21”, Yuval Noah Harari

Audiolivros em alta

Com pouco mais de dois meses de operação no país, a sueca Storytel já disponibiliza um vasto catálogo de audiolivros em português, de biografias a ensaios, de autoajuda a clássicos da literatura mundial e nacional. Entre os destaques que acabam de ser disponibilizados está “A Senhora da Magia”, primeiro volume da saga “As Brumas de Avalon”, fenômeno mundial de vendas na década de 80, passado na lendária corte do Rei Arthur.

Sediada em Estocolmo, a Storytel foi fundada em 2005 e estreou no mercado brasileiro em setembro deste ano. Já é um dos maiores serviços de assinatura de audiolivros do mundo, dando acesso a mais de 200 mil títulos em escala global. Na estreia do serviço no Brasil, o campeão de audiência foi “O Assassinato no Expresso Oriente”, de Agatha Christie.