Clarice vai, de novo, ao cinema

Duas novas obras de Clarice Lispector (1920-1977) devem chegar às telas dos cinemas em 2020. “Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres” chega adaptado para filme com direção de Marcela Lordy e roteiro da diretora em parceria com a argentina Josefina Trotta. Também para o ano que vem, está prevista a estreia da adaptação de “A Paixão Segundo G.H”, assinada pelo diretor Luiz Fernando Carvalho. O primeiro filme terá a atriz Simone Spoladore no papel de Lóri. Já “A Paixão” tem como protagonista Maria Fernanda Cândido. Obras de Clarice, como “A Hora da Estrela” e os contos “Estrela Nua” e “O Corpo” já haviam sido levadas às telas em 1985 e 1991.

Livro e Cinema

Mais uma lista. Dessa vez com “15 filmes para quem gosta de literatura”. Foi publicada pelo Estadão, em 2017.

“O Escritor Fantasma”, Adam Lang – 2010

“Meia-Noite em Paris”, Woody Allen – 2011

“As Horas”, Stephen Daldry – 2002

“Providence”, Alain Resnais – 1977

“Shakespeare Apaixanado”, John Madden – 1999

“Capote”, Bennet Miller – 2006

“As Palavras”, Brian Klugman e Lee Sternthal – 2012

“Minhas Tardes com Margueritte”, Jean Becker – 2010

“Encontrando Forrester”, Gus Van Sant – 2000

 –“Louca Obsessão”, Rob Reiner – 1990

“Mais Estranho que a Ficção”, Marc Forster – 2007

“A Garota do Livro”, Marya Cohn – 2016

“Os Irmãos Grimm”, Terry Gilliam – 2005

“Miss Potter”, Chris Noonan – 2006

“Em Busca da Terra do Nunca”, Marc Forster – 2004

King além do “Cemitério”

No rastro do lançamento da nova versão para o cinema da obra de Stephen King (trailer abaixo), a jornalista Maria Confort, do manualdohomemmoderno.com.br, listou dez títulos do escritor “que você precisa ler” além de “Cemitério Maldito”.

“O Cemitério”

“A Coisa”

“Misery”

“O Iluminado”

“Quatro Estações”

“Escuridão Total sem Estrelas”

“Carrie”

“Belas Adormecidas”

“Sob a Redoma”  

“A Torre Negra”

Rosa em longa-metragem

No centro das atenções com o relançamento, pela Companhia das Letras, de “Grande Sertão: Veredas”, Guimarães Rosa é tema de matéria da revistaprosaversoearte.com. O site listou uma série de filmes, documentários e séries de TV, centrados – nem sempre de maneira bem-sucedida – no autor e na sua obra. Abaixo a seleção de longas-metragens. Lista completa pelo link https://www.revistaprosaversoearte.com/guimaraes-rosa-no-cinema/

Grande Sertão

Filme em preto e branco, de 1965, com direção e roteiro de Geraldo Santos Pereira e Renato Santos Pereira

A Hora e Vez de Augusto Matraga

Lançado em 1965, com trilha musical de Geraldo Vandré, o filme teve direção e roteiro de Roberto Santo

Sagarana, O Duelo

Direção de Paulo Thiago e música de Tom Jobim e Dori Caymmi. Lançado em 1973

Cabaret Mineiro

 Inspirado no conto “Soroco, sua mãe, sua filha”, o filme, de 1980, foi dirigido por Carlos Alberto Prates Correia

Noites do Sertão

Filme de 1984, dirigido por Alberto Prates Corrêa, com trilha sonora de Tavinho Moura

A Terceira Margem do Rio

Dirigido por Nelson Pereira dos Santos, o filme, de 1993, tem trilha de Milton Nascimento e teve roteiro baseado em contos do livro “Primeiras Estórias”

Outras Estórias

Filme, de 1999, dirigido pelo jornalista, escritor e apresentador de TV, Pedro Bial

Mutum

Com direção de Sandra Kogut, o filme, lançado em 2007, é baseado na obra “Campo Geral”

Hora e a Vez de Augusto Matraga

Filme de 2011, com direção de Vinícius Coimbra e nomes como Vanessa Gerbelli, José Wilker e Chico Anysio no elenco

Meus Dois Amores

Dirigido por Luiz Henrique Rios, o filme, de 2015, é inspirado no conto “Corpo Fechado”, do livro “Sagarana”

Literatura na tela

Seleção de 10 filmes disponíveis na Netflix, que, segundo artigo de José Figueiredo, na Homoliteratus, “todo amante de literatura deveria ver”.

A Lista de Schindler

Lançamento de 1993, baseado no romance do australiano Thomas Keneally. Ganhador do Oscar nas categorias de Melhor Filme e Melhor Diretor.

– A Trilogia “O Poderoso Chefão”

Baseada no romance homônimo de Mario Puzo.

Onde os Fracos não têm Vez

Adaptado do romance de Cormac McCarthy. Venceu o Oscar de Melhor Filme.

–  Orgulho e Preconceito

Baseado no romance de Jane Austen.

Cidade de Deus

Adaptado do romance de Paulo Lins e considerada uma das grandes histórias da literatura brasileira.

Bravura Indômita

Adaptação dos Irmãos Cohen para o romance de Charles Portis.

Expresso do Amanhã

Baseado em “O Perfuraneve”, considerada uma das melhores HQ’s de ficção científica.

O Sol é para Todos

Adaptação do romance de Harper Lee, estrelada por Gregory Peck.

Na Natureza Selvagem

Baseado no livro homônimo de Jon Krakauer, conta a história real de um viajante rumo ao Alaska.

12 Anos de Escravidão

Adaptado das memórias escritas pelo negro liberto do Século XIX, trapaceado e vendido como escravo, Solomon Northup. Oscar de Melhor Filme em 2014.