A transformação de Gregor

Detalhe de obra do pintor Lucien Freud

“Ao despertar de um sonho inquieto, certa manhã, Gregor descobriu que havia se transformado num gigantesco inseto. Achava-se deitado sobre a dura carapaça que lhe cobria as costas, semelhando uma couraça, e quando ergueu um pouco a cabeça pôde ver o seu ventre, escuro, ao feitio de uma cúpula e sulcado por rígidos segmentos em forma de arco, de cujo topo a colcha, em precário equilíbrio, ameaçava escorregar. Suas numerosas pernas, lastimosamente finas se comparadas com o volume de seu corpo, agitavam-se desamparadamente diante de seus olhos.”

Trecho inicial de “A Metamorfose”, de Franz Kafka (1883-1924). O livro, lançado há 104 anos, embora concluído em 20 dias, tornou-se o texto mais conhecido e citado do autor. Abaixo outras obras de Kafka disponíveis em português.

“Carta a Meu Pai”

“América”

“Contos Escolhidos”

“A Muralha da China”

“Cartas a Milena”

“A Colônia Penal”

“O Processo”

“O Castelo”

“Diários”

“O Covil”

Os mais citados pelos “seguidores” do jornal FSP

Para marcar o Dia da Literatura Brasileira, comemorado ontem, 1/5, em uma homenagem ao nascimento do escritor José de Alencar (1829-1877), o jornal Folha de SP desafiou seus seguidores em uma rede social a postarem imagens com recomendações de obras de autores nacionais de ficção, não-ficção e infantis. Entre os mais lembrados, segundo o jornal, figuraram “Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Dom Casmurro”, de Machado de Assis; “Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa; “Capitães de Areia”, de Jorge Amado; “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo; e “Lucíola” e “Senhora”, de José de Alencar. Chama a atenção a ausência absoluta de obras poéticas e, coincidência ou não, o destaque para títulos comumente associados à leitura obrigatória no currículo escolar e em concursos.

Os recomendados de abril

Abaixo a seleção dos 10 livros essenciais lançados recentemente, no país ou fora, publicada a cada última edição do mês do caderno Aliás, de O Estado de São Paulo.

-“O Verão Tardio”, Luiz Ruffato – Companhia das Letras

-“Lasca”, Vladimir Zazúbrin – Carambaia

Nada se Vê”, Daniel Arasse – Editora 34

-“Um Teto Todo Seu”, Virginia Woolf – Nova Fronteira

-“Machines Like Me”, Ian McEwan – Doubleday (Deve ser lançado em português no próximo mês de junho pela Companhia das Letras)

-“O Terrorista Elegante e Outras Histórias”, Mia Couto e José Eduardo Agualusa – Tusquets

-“Maddaddão”, Margaret Atwood – Rocco

-“Cinco Meninos, Cinco Ratos”, Gonçalo M. Tavares -Dublinense

-“A Véspera”, Ivan Turgueniev – Boitempo

-“Textos Contraculturais, Crônicas Anacrônicas & Outras Viagens”, Eduardo Bueno – L&PM

Sob demanda

A editora Companhia das Letras já conta com seis títulos – hoje fora de seu catálogo principal – disponíveis sob demanda na plataforma UmLivro. A novidade permite a impressão de um único exemplar da obra sem a necessidade de impressão de toda uma tiragem. Por esse meio, o leitor compra o título na loja online, o livro é impresso em curto espaço de tempo e enviado ao comprador. As edições, segundo a editora, tem qualidade idêntica às originais. A compra pode ser feita, via Marketplace, em lojas online como Amazon e Americanas.

Confira as obras da Companhia das Letras já disponíveis sob demanda:

“Chico Mendes – Crime e Castigo”, Zuenir Ventura

“A Biblioteca à Noite”, Alberto Manguel  

“Freud, Pensador da Cultura”, Renato Mezan

“Ganância”, Scott Bergstrom

“O Imperialismo Sedutor” – A Americanização do Brasil na Época da Segunda Guerra, Antonio Pedro Tota

“Entre Sonhos e Tempestades” – Três Peças de William Shakespeare adaptadas e ilustradas por Rui de Oliveira

Dicas para qualquer idade

A lista foi publicada no dia 18 passado, no blog de Bia Reis, da Folha de São Paulo, para celebrar o Dia Nacional do Livro Infantil. Mas, a dica vale para qualquer momento. Foram selecionados 15 títulos infanto-juvenis “incríveis”, de autores e ilustradores brasileiros contemporâneos. Tem prosa, poesia e livro ilustrado.

-“ABCDinos”, Celina Bodenmüller/Luiz E. Anelli e Graziella Mattar (Ilustradora) – Peirópolis

-“Abrapracabrasil!”, Fernando Vilela – Brinque-Book

-“A Caligrafia de Dona Sofia”, André Neves – Paulinas

-“A Cozinha Encantada dos Contos de Fadas”, Katia Canton, Juliana Vidigal e Carlo Giovani (Estampas) – Companhia das Letrinhas

-“A Raiva”, Blandina Franco e José Carlos Lollo – Pequena Zahar

-“Bichológico”, Paula Taitebaum – Piu

-“Carvoeirinhos”, Roger Mello – Companhia das Letrinhas

-“Coisa de Gente Grande”, Patricia Auerbach – Sesi

-“Este é o Lobo”, Alexandre Rampazo – DCL

-“O Alvo”, Ilan Brenman e Renato Moriconi (ilustr.) – Ática

-“Olavo”, Odilon Moraes – Jujuba

-“O Barco dos Sonhos”, Rogério Coelho – Positivo

-“Orie”, Lúcia Hiratsuka – Pequena Zahar

-“Plantou Palavra, Colheu Poesia”, Socorro Acioli e Meg Banhos (ilustr.) – Armazém da Cultura

-“Vovó Veio do Japão”, Janaina Tokitaka, Mika Takahashi, Raquel Matsushita e Talita Nozomi – Companhia das Letrinhas