Cidadania para Kundera

Kundera
Kundera, Veronica Geng e Philip Roth em Connecticut, EUA, em 1980

Notícia veiculada pela Folha de São Paulo informa que o governo da República Tcheca anunciou no sábado (10/11) que está propondo devolver a cidadania tcheca ao escritor, hoje naturalizado francês, Milan Kundera. O autor de “A Insustentável Leveza do Ser”, entre vários outros títulos de alcance mundial, e sua mulher tiveram a cidadania retirada pelo governo comunista da antiga Thecoslóvaquia, em 1979.  Segundo o primeiro-ministro Andrej Babis, há 22 anos Kundera não visita o país.

Memória de novembro

Além dos 96 anos da morte de Lima Barreto, novembro é marco também do nascimento e da perda de outras importantes figuras da literatura brasileira. Abaixo, alguns dos principais marcos do mês.

3 – Morte de Caio Prado Júnior, em 1990 e do poeta Gonçalves Dias, em 1864

4 – Morte de Raquel de Queiroz, em 2003

5 – Nascimento de Rui Barbosa, em 1849, e do teatrólogo Martins Pena, em 1815. É também o dia da morte de Mário Pedrosa, em 1981

7 – Nascimento de Cecília Meireles, em 1901

9 – Nascimento de Dinah Silveira de Queiroz, em 1911; morte de Sérgio Milliet, em 1966, e de Cecília Meireles, em 1964

12 – Morte de Augusto dos Anjos, em 1914

17 – Nascimento de Manuel Antônio de Almeida, em 1831, e de Rachel de Queiroz, em 1910

19 – Morte de Guimarães Rosa, em 1967, e de Plínio Marcos, em 1999

20 – Morte de Celso Furtado, em 2004

24 – Nascimento de Cruz e Souza, em 1861

26 – Morte de Gregório de Matos, em 1695

27 – Nascimento de Adonias Filho, em 1915, e morte de Dinah Silveira de Queiroz, em 1982

28 – Morte de Érico Veríssimo, em 1975

Raridades em leilão

Baudelaire
“Quando a senhorita Jeanne Lemer entregar-lhe esta carta, vou estar morto (…) Morro em terrível inquietação (…) Eu me mato porque não posso mais viver, a fadiga do sono e a fadiga do despertar é insuportável”.
Trecho da carta em que Charles Baudelaire anuncia à amante sua intenção de cometer suícidio aos 24 anos. O poeta, como é sabido, se esfaqueou sem consequências graves e viveu outros 22 anos. A carta original, de 1845, será leiloada neste domingo, na França, e deve ser levada, segundo estimativas dos organizadores do leilão, por algo entre 60 mil e 80 mil euros.
Na lista de cartas, manuscritos e imagens disponíveis na ocasião, estarão, além dos assinados pelo autor de As Flores do Mal, também documentos originais de nomes como Marcel Proust, Victor Hugo, Zola,  Louis-Ferdinand Céline, Freud, Flaubert, Einstein, Stéphane Mallarmé, Paul Verlaine e Jean-Paul Sartre.

Em memória de Lima

Lima

Hoje completam-se 96 anos da morte de Afonso Henriques de Lima Barreto. Nascido no Rio de Janeiro, o jornalista e escritor morreu aos 41 anos, vítima de um colapso cardíaco. Entre outros clássicos, é autor de “Recordações do Escrivão Isaías Caminha”, “Triste Fim de Policarpo Quaresma” e “Os Bruzundangas”. Recentemente ganhou um monumental e aclamada biografia, assinada por Lilia Moritz Schwarcz.  O livro, segundo o site da editora, é “um tributo essencial a um dos maiores prosadores da língua portuguesa de todos os tempos, ainda moderno quase um século depois de seu triste fim na pobreza, na doença e no esquecimento”.

Toque condenado

livro-masturbacao-1099982.png
“Seus cabelos, uma vez tão bonitos, estão caindo como os de um velho; cedo na vida ele está ficando careca.”

Ilustração do livro “Le Livre Sans Titre” (O Livro sem Título) mostra jovem de 17 anos em processo de definhamento causado pela masturbação. A publicação anônima, de 1830, contém 15 desenhos coloridos a mão, mostrando o passo a passo da destruição a que estava destinado o corpo de quem praticava tal ato. Fonte: site aventuransahistoria.