Pequenos leitores ganham novo canal no Youtube

Vídeo do canal LetrinhaZ

Em uma iniciativa do grupo Companhia das Letras, já está disponível no Youtube o Canal LetrinhaZ que une os selos infantis Companhia das Letrinhas e Pequena Zahar. A plataforma concentra em um só lugar conteúdos audiovisuais como booktrailers, contação de história, séries temáticas e bate-papos sobre o universo do livro infantil. Acesso pelo link https://www.youtube.com/channel/UCjfGJJCC_dTlL1SUHZWXKvA/featured.

A peste da insônia

O diretor e produtor venezuelano Leonardo Aranguibel disponibilizou, de forma gratuita, seu curta-metragem “La Peste del Insomnio”, onde astros do cinema latino-americano lêem trechos de “Cem Anos de Solidão”, do colombiano Gabriel García Márquez. Na história, a fictícia Macondo enfrenta uma epidemia de insônia, que leva os moradores ao desespero e à adoção das mais diferentes técnicas e remédios para conseguirem adormecer. Nada funciona e outra peste ainda pior, a do esquecimento, toma conta da cidade. O filme, segundo a Fundação Gabo, evoca a esperança em meio à crise sanitária e econômica desencadeada pela Covid-19. Participam do projeto nomes de diferentes países do continente, como o argentino Ricardo Darín e a brasileira Alice Braga.

Livro de Câmara Cascudo inspira série da Amazon

Uma obra de cerca de 900 páginas, assinada por Luís da Câmara Cascudo, é a base da recém-lançada “História da Alimentação no Brasil”, série que estreou na Amazon Prime e, que segundo matéria na Folha de SP, resgata uma das obras mais importantes sobre o tema no país. São 13 episódios com direção de Eugenio Puppo sustentados por 73 entrevistas feitas em nove estados do país e 11 cidades de Portugal. Professor de Direito na Universidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Cascudo sempre investigou a alimentação popular e é autor de cerca de 230 títulos, entre eles o célebre “Dicionário do Folclore Brasileiro”.  Segundo a matéria, uma segunda temporada da série já está prevista para lançamento no início de 2022.

Os imperdíveis, segundo Stephen King

A lista de sugestões dessa vez é de filmes, mas indicados por um escritor e mestre supremo no assunto. Em matéria publicada em O Globo, Stephen King, ele mesmo autor de alguns vários livros que se tornaram filmes clássicos do gênero – “O Iluminado”, “Carrie, a Estranha” e “It: a Coisa”, elencou cinco longas-metragens imperdíveis de terror.

“A Bruxa de Blair”, Daniel Myrick e Eduardo Sánchez – 1999

“Alien, o Oitavo Passageiro”, Ridley Scott – 1979

“O Exorcista”, William Friedkin – 1973

“Despertar dos Mortos”, George A. Romero – 1978

“Os Filhos do Medo”, David Cronenberg – 1979